Vista Geral
  • Mínimo de jogadores 2
  • Máximo de jogadores 2
Especificações
  • Tipos de jogadores Sociável, Ternorento
  • Cenários de jogo Churrasco, Menos de uma hora, Noite do jogos, Visita dos sobrinhos
  • Mecânicas Colocação de peças, Espaço
  • Idade mínima recomendada A partir de 8 anos
  • Editor Devir Games
Tempos
  • Duração da partida 30 minutos
  • Duração para explicar 1
  • Duração para aprender 10
Em stock
21,98 €

Paris: La Cité de La Lumière

Autor
Ilustrador
Oriol Hernández

A tarde cai no Rio Sena, e Paris é banhada pelos intensos vermelhos e azuis cobalto do pôr do sol de outono. Os velhos postes a gás não serão acesos hoje para acompanhar os parisienses nos seus passeios noturnos, porque depois de alguns momentos iniciais com uma luz trêmula, lâmpadas elétricas iluminam os paralelepípedos, dosséis e as fachadas dos edifícios mais imponentes de Paris.
Paris, la cité de la lumière é um jogo exclusivo para dois jogadores, desenhado por José Antonio Abascal (Checkpoint Charlie) e ilustrado pelo escritor de BD Oriol Hernández (Natures Mortes (Dargaud), La peau de l'ors (Dargaud)).
Este jogo ocorre em duas fases diferentes. Na primeira fase, os jogadores colocarão peças de duas cores no tabuleiro (incorporadas na própria caixa). As peças são divididas em espaços da cor de um ou outro jogador, espaços mistos ou postes de luz. O objetivo é maximizar os espaços da própria cor, evitando que o adversário tenha áreas muito abertas. Os jogadores irão alternar a colocação de peças no tabuleiro e reservando peças de construção que eles podem usar durante a segunda fase do jogo.
Na segunda fase, os jogadores irão colocar os edifícios nos espaços da sua cor e espaços mistos, identificando-os com uma chaminé da sua cor. O objetivo é que os prédios estejam em contato com o máximo de postes possíveis, pois ao final do jogo, é isso que vai determinar os pontos de cada um. Desta forma, os jogadores de Paris, la cité de la lumière irão alternar-se colocando os seus edifícios sobre a mesa, ou irão realizar as ações especiais que os belos cartões-postais reservam para eles. Estes cartões postais podem ser diferentes em cada jogo, o que dará ao jogo muita variedade cada vez que vier à mesa.
Assim que o jogo terminar, cada jogador receberá tantos pontos quanto o número de espaços que cada um de seus edifícios ocupar multiplicado pelo número de postes de luz que eles tenham localizado em espaços ortogonalmente adjacentes. Além disso, irá somar pontos para o maior conjunto de edifícios de cada um, serão subtraídos pontos para os edifícios que permaneceram nas reservas de cada jogador, e por último será consultado se alguma das cartas de ação concede pontos adicionais. Quem conseguir mais ganhará este jogo de Paris, la cité de la lumière, mas certamente não será o último!