Vista Geral
  • Mínimo de jogadores 2
  • Máximo de jogadores 4
Especificações
  • Tipos de jogadores Explorador, Sociável
  • Cenários de jogo Inciando as crianças, Jantar de casais, Noite do jogos
  • Mecânicas Coleção, Cooperativo, Movimento por áreas
  • Idade mínima recomendada A partir de 10 anos
Tempos
  • Duração da partida 60 minutos
  • Duração para explicar 10 minutos
  • Duração para aprender 30 minutos
Em stock
24,99 €

A Ilha Proibida

Autor
Ilustrador
C. B. Canga

A Ilha Proibida é um jogo cooperativo de 2010 desenhado por Matt Leacock, famoso autor de todos os jogos do universo Pandemic. Na Ilha Proibida os jogadores devem trabalhar em conjunto para salvar todos os tesouros da ilha ANTES de a mesma se afundar! Cada jogador assume o papel de aventureiro (piloto, explorador, engenheiro, etc.) e deve usar o seu poder especial para ajudar a sua equipa. Este jogo é ganho quando os jogadores tiverem recolhido os quatro tesouros, ido para a pista de aterragem e fugido de helicóptero.

Este jogo trabalha as capacidades de comunicação e o trabalho de equipa. Apenas os aventureiros mais corajosos podem coordenar com os seus companheiros para salvar todos os tesouros. A Ilha Proibida está a afundar-se, mas é preciso salvar os quatro tesouros: A Pedra da Terra, O Cristal de Fogo, A Estátua do Vento, e O Cálice do Oceano. Para se preparar para o jogo, é necessário construir um tabuleiro baralhando os azulejos no tabuleiro e colocando-os virados para cima em forma de cruz. Em cada jogada, os jogadores podem fazer três das seguintes ações: mover-se à volta do tabuleiro, garantir que as peças afundadas são seguras (e não se perdem completamente), entregar uma carta do tesouro a um colega de equipa que esteja na mesma peça, ou entregar 4 cartas de tesouro a fim de salvar um dos quatros tesouros. O jogador tira então cartas do baralho do tesouro. Para terminar a sua vez, o jogador assume o papel da ilha! Consultam o marcador de água, que indica o nível da água e quantas cartas devem tirar do baralho. Os lugares indicados nestas cartas afundam-se (vira-se o azulejo) ou se já estiverem afundados perdem-se por completo.

Se um jogador estiver num dos azulejos que se perdeu por completo e não consegue nadar para um azulejo adjacente, todos perdem o jogo. É preciso certificar-se de que as peças do tesouro não se perdem, porque se tiver de remover uma peça onde está um tesouro ao seu lado, não se pode recuperar este tesouro e perde-se o jogo. Este jogo provoca muita comunicação entre os jogadores. É preciso fazer planos em conjunto e chegar a decisões acertadas. Cada jogador tem poderes especiais e deve utilizá-los para ajudar os seus colegas de equipa a salvar os tesouros. Com o contínuo aumento da água, os jogadores sentem a pressão da urgência e têm de analisar bem a situação e a solução. Sendo um jogo cooperativo, todos os jogadores estão empenhados em ver o jogo até ao fim. Como o tabuleiro muda sempre dependendo do local onde os azulejos são colocados, este jogo tem uma jogabilidade muito alta. E assim que o seu grupo de aventureiros tiver jogado um par de jogos, pode definir o nível de dificuldade do jogo para normal, de elite, ou lendário. 

Na Ilha Proibida, é win-win ou lose-win! 

A Ilha Proibida é uma das melhores portas de entrada para jogos cooperativos. Crianças a partir dos 10 anos de idade podem descobrir a diversão de trabalhar em equipa para cumprir a missão de salvar os tesouros da ilha.